Lucas Merçon / Fluminense FC
Lucas Merçon / Fluminense FC

Abel diz que Fluminense merecia vantagem maior e exalta Scarpa: 'Deu show'

Treinador elogia organização do time e manutenção da proposta de jogo ao longo dos 90 minutos

Estadão Conteúdo

15 de setembro de 2017 | 09h16

O técnico Abel Braga exibiu satisfação com a atuação do Fluminense na vitória por 1 a 0 sobre a LDU, na noite de quinta-feira, no Maracanã, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O treinador elogiou os seus jogadores e só lamentou que o time não tenha conquistado um placar mais dilatado, embora tenha celebrado a vantagem obtida para o duelo de volta, no Equador, em 21 de setembro.

"A gente merecia ter feito mais gols, meus jogadores não abdicaram do que era a proposta, meu goleiro não fez nenhuma defesa, os adversários chutaram uma bola a gol. Meu time ganhou, mereceu ganhar e foi muito organizado, não deu a mínima chance a eles. É vitória e é vantagem, muito melhor ganhar de 1 a 0 do que de 2 a 1. Merecíamos ganhar de mais gols, se tivesse saído mais um, teria ficado de bom tamanho", afirmou.

Abel não economizou nos elogios a Gustavo Scarpa, autor do único gol da partida, logo nos minutos iniciais, em uma cobrança de falta. Para ele, a volta do volante Douglas foi decisiva para o crescimento de Scarpa, pois lhe deu mais liberdade para a criação das jogadas ofensivas.

"Ele deu show hoje (quinta-feira). Tenho procurado usar o Scarpa de uma maneira que tenha menos desgaste possível. Hoje ele conseguiu fazer uma coisa que não conseguia nos jogos passados porque não tinha o Douglas. Ganhei mais um jogador de transição, pois o Scarpa quebrou a linha entre a zaga e o jogador que ficou plantado na frente da zaga. Começou a aparecer, não teve que ir lá buscar a bola no zagueiro porque o Douglas fez isso. Estava muito mais em evidência para organizar a equipe", disse.

O treinador também elogiou a organização exibida pelo Fluminense, que praticamente não foi ameaçado pela LDU. "Hoje foi sensacional. Scarpa brincou de jogar bola, o time estava muito organizado, além de todos terem tido boa atuação, o maior motivo dessa vitória foi a organização desde o começo do jogo. Procuramos os 90 minutos a vitória sem dar chance ao adversário. Falei isso com meus jogadores e estou muito feliz, pois precisávamos dessa vitória. Para mim, como treinador, é motivo de orgulho", comentou.

Antes de atuar no Equador, o Fluminense terá compromisso pelo Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, o time vai visitar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, pela 24ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.