Nelson Pérez / Fluminense FC
Nelson Pérez / Fluminense FC

Abel diz que gols no início de cada tempo determinaram derrota do Fluminense

Treinador pede atenção ao time para evitar nova aproximação da zona de rebaixamento

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2017 | 10h26

O técnico Abel Braga exibiu chateação com a forma que o Fluminense foi vazado pela Chapecoense na derrota por 2 a 0, na Arena Condá, no domingo, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador destacou que os gols no início de cada tempo afetaram diretamente a sua estratégia e facilitou a tarefa do oponente, além de terem saído em jogadas aéreas, algo que ele vinha trabalhando para não ocorrer mais.

+ Artilheiro, Henrique Dourado vive fase de ouro no Fluminense

+ Com Corinthians, Fluminense e Atlético-MG, Florida Cup divulga tabela para 2018

"Aconteceu uma situação atípica, que é você começar o jogo perdendo, já começar tendo que correr atrás. Um cruzamento na área, que é a característica da Chapecoense, e saiu o gol. No segundo tempo, era um lateral a nosso favor, erramos o lateral, a bola foi para escanteio e tomei o gol. Uma coisa que não vinha acontecendo. Desde que passamos a jogar com a linha de quatro e três homens marcando na bola aérea, essa situação tinha melhorado bastante. Não vem ao caso se a bola entrou ou não entrou. Então são dois tempos que não é possível definir se seriam bons ou não. Se a Chapecoense demorasse a fazer um gol, eles teriam que sair lá de trás. No segundo tempo, mesma coisa", disse.

A derrota freou o embalo do Fluminense, que vinha de duas vitórias consecutivas no Brasileirão, o que o treinador lamentou, pois um novo triunfo deixaria o time em situação mais confortável - está em 13º lugar, com 38 pontos.

"O que está incomodando é que sempre no momento que a gente está com a possibilidade de dar um salto - poderíamos chegar aos 41 pontos - não digo que há um descontrole, mas em vez de começar ainda mais ligado, não é o que acontece", afirmou.

Após o revés no Brasileirão, o Fluminense volta as suas atenções para a Copa Sul-Americana. Na quarta-feira, o time vai encarar o Flamengo no primeiro clássico das quartas de final do torneio continental.

Mais conteúdo sobre:
futebolFluminenseAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.