Abel exalta primeiro tempo 'quase perfeito' do Fluminense em goleada

Tricolor carioca encaminhou classificação na Copa Sul-Americana ao vencer por 4 a 0 a Universidad Católica de Quito

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2017 | 10h14

O técnico Abel Braga não economizou nos elogios ao desempenho do Fluminense na vitória por 4 a 0 sobre o equatoriano Universidad Católica na noite de quinta-feira, no Maracanã, um resultado que encaminhou a classificação do time às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na sua avaliação, o time teve atuação praticamente perfeita no primeiro tempo, quando abriu 3 a 0. Mas ele apontou que as dificuldades enfrentadas na etapa final servem de alerta para o jogo de volta.

"Há tempos que não fazia um primeiro tempo como esse. Nesse ano, não fizemos. Foi quase perfeito, muito seguro, a não ser em dois lances que nós perdemos a bola e proporcionamos o contra-ataque. Nós vimos o real valor da equipe deles no segundo tempo, começaram a atacar o espaço. No primeiro tempo, achei eles muito presos, preocupados com marcação e custou caro. No segundo, saíram mais para o jogo e nós fizemos um gol fantástico com o Wendel. É nesse segundo tempo que nós vamos nos basear para o jogo de volta", disse.

Abel também aproveitou a goleada para exaltar o estilo de jogo que vem sem adotado pelo Fluminense. O treinador destacou a opção pela escalação de jogadores de velocidade e também a qualidade dos volantes que estão sendo utilizados.

"Não posso mudar minha filosofia de jogo. A característica dos jogadores que eu tenho ajudam nesse aspecto, nenhuma equipe tem tantos jogadores de velocidade como eu tenho. Calazans, Wellington, Richarlison, Lucas Fernandes, Maranhão, Marco Júnior. Agora encaixou, a gente não tem aquele primeiro volante 'brucutu', que quer jogar. E isso ajuda, porque quando essa bola sai bem trabalhada de trás e chega no pé do jogador com a categoria do Scarpa, dá esse complemento que é muito bom", disse.

O jogo de volta com o time equatoriano será disputado em 26 de julho no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, sendo que o Fluminense pode perder por até três gols de diferença para avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana. O time volta a campo na próxima segunda-feira, quando duelará com a Chapecoense, em Edson Passos, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.