Cesar Greco/Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

Abel Ferreira dedica vitória do Palmeiras a Wesley e Felipe Melo

Equipe bate o Ceará por 3 a 0 e treinador cita os jogadores que se lesionaram e não jogam mais neste ano

Redação, Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2020 | 00h05

O técnico Abel Ferreira não poupou elogios ao time do Palmeiras nesta quarta-feira, após a vitória sobre o Ceará por 3 a 0. E dedicou o triunfo que contou com os três gols em apenas cinco minutos, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, aos lesionados Wesley e Felipe Melo - a dupla não jogará mais este ano.

"Nós perdemos oito jogadores, alguns foram por lesões. Eu disse aos jogadores que esta vitória de hoje deveria ser dedicada ao Wesley e ao Felipe Melo porque não poderemos mais contar com eles até o fim do ano. Será difícil. Pedi para ter um esforço extra pelos dois. Os outros jogadores foram para a seleção (brasileira)", comentou o treinador.

Abel valorizou a atuação fulminante do Palmeiras no primeiro tempo. "Jogamos contra uma equipe que vinha de seis jogos sem perder, confiante e extremamente organizada. Sabíamos que seria um jogo difícil. Montamos uma equipe com dinâmica e intensidade, com uma transição rápida para encontrar espaços. Era a nossa intenção, entrar rápido e intenso, procurando fazer os gols o mais rapidamente possível. Conseguimos fazer três gols muito rapidamente."

O treinador português também celebrou o fato de o time não ter sofrido gols nesta quarta. "Falei para os jogadores que seria muito importante não tomar gols, e conseguimos concluir este objetivo. Estamos na primeira parte da eliminatória, nada está garantido. Temos de continuar alertas e com essa seriedade que mostramos hoje", afirmou.

Demonstrando confiança no elenco palmeirense, Abel disse ter ficado satisfeito com o jogo também porque a equipe apresentou uma "ideia de jogo", apesar dos desfalques. "Independentemente de quem jogue, nós vimos que temos uma ideia de jogo", afirmou. "Mesmo quando passarmos por dificuldades, vocês não ouvirão desculpas. Olharemos para dentro e procuraremos soluções para termos uma equipe sempre competitiva a cada jogo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.