Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Abel mantém mistério e insinua que Aránguiz pode ficar na reserva

Treinador não dá pistas sobre a equipe titular do Internacional no clássico, mas deixa no ar possibilidade de o chileno não iniciar jogo

Estadão Conteúdo

08 de agosto de 2014 | 19h17

O tom de mistério adotado durante toda a semana no Internacional foi intensificado pelo técnico Abel Braga nesta sexta-feira. Em entrevista coletiva, o treinador fez questão de aumentar as dúvidas sobre a escalação para o clássico diante do Grêmio, domingo, no Beira-Rio, pelo Brasileirão, e afirmou até que o volante Aránguiz, um dos destaques da equipe, pode começar entre os reservas.

"Não sei se vou começar com o Aránguiz entre os titulares. Ele é diferenciado fisicamente, mas temos um atleta que num nível do grupo está vendendo saúde. É o Wellington, que mostrou um outro tipo de característica, uma chegada legal na área", declarou o treinador, exaltando o volante contratado junto ao São Paulo.

Wellington vinha substituindo Aránguiz nas últimas partidas por conta de uma lesão do chileno, que estava se recuperando de um problema no joelho direito. O volante, no entanto, treinou bem durante a semana e por isso seu retorno ao time titular era dado como certo, até Abel despistar nesta sexta.

O treinador, aliás, fez questão de deixar claro que sua opção será técnica e tática, já que Aránguiz está plenamente recuperado da contusão. "Confio na capacidade do Aránguiz. Eu disse que ele vai jogar, só não falei se começarei com ele."

O impasse entre Wellington e Aránguiz deve ser a única dúvida de Abel para o clássico pelo Campeonato Brasileiro. Assim, o Inter entrará em campo com: Dida; Wellington Silva, Ernando, Juan e Fabrício; Willians, Wellington (Aránguiz), Alex, D''Alessandro e Alan Patrick; Rafael Moura.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterAbel Bragabrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.