Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Abel pede calma após Inter se aproximar da liderança: 'Prefiro a tranquilidade'

Equipe gaúcha venceu o Ceará e assumiu a segunda colocação, a seis pontos do líder São Paulo

Redação, Estadão Conteúdo

08 de janeiro de 2021 | 09h50

A vitória sobre o Ceará por 2 a 0, na quinta-feira, na Arena Castelão, em Fortaleza, colocou o Internacional na segunda colocação do Campeonato Brasileiro e com uma diferença de seis pontos para o líder São Paulo (56 a 50), que perdeu nesta 28.ª rodada para o Red Bull Bragantino. Apesar disso, o técnico Abel Braga preferiu frear a empolgação e evitou projetar uma eventual briga pelo título.

"Não gostaria que falassem muito do Inter. Prefiro a tranquilidade e cada vez mais contar apenas com a energia positiva que a torcida vem nos trazendo", resumiu o treinador.

Desde a eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores para o Boca Juniors, no início de dezembro, o Internacional só venceu pelo Brasileirão. São quatro vitórias consecutivas - contra Botafogo, Palmeiras, Bahia e Ceará - que o colocaram de volta na luta pelo título.

Abel Braga voltou a destacar os méritos do elenco e minimizou a sua participação nos resultados. "Todo mérito é dos jogadores. É um time que se acostumou a sofrer, mas está conseguindo os resultados e retomando a confiança", exaltou.

Passadas as eleições no clube, com clima mais tranquilo nos bastidores, o treinador afirmou que a política não entrou em campo, mesmo nos momentos mais delicados. "Estou muito feliz aqui. As pessoas que entraram são do bem e vamos continuar o trabalho da melhor forma possível", destacou.

O Internacional voltará a campo para enfrentar o Goiás, neste domingo, às 18h15, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, em jogo válido pela 29.ª rodada do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.