Abel pede que derrota sirva de 'estímulo' para o Flu

Depois da derrota em casa para o Grêmio, por 3 a 0, na última quarta-feira, pela Libertadores, Abel Braga pediu que o Fluminense use o próprio adversário como lição. O treinador lembrou que o time gaúcho havia perdido na estreia da competição para Huachipato, também em casa, mas conseguiu tirar lições do resultado, a ponto de evoluir e superar sua equipe no Engenhão.

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2013 | 10h22

"Não faltou luta, entrega e dedicação, mas o adversário foi superior. Isso não muda nada do que eu penso da minha equipe. Temos que ter a consciência da derrota e isso terá que servir de estímulo, a exemplo do que o Grêmio fez depois de sofrer uma derrota em casa", declarou o treinador.

Com os resultados de quarta-feira, Fluminense, Grêmio, Huachipato e Caracas ficaram empatados com três pontos no Grupo 8 da Libertadores. O mais curioso é que as quatro equipes conseguiram suas vitórias quando atuaram fora de casa. De acordo com Abel Braga, este equilíbrio já era esperado desde o sorteio que definiu as chaves da competição.

"Não vamos perder a seriedade por causa dessa derrota. Para nós, quando caiu esse grupo, sabíamos que seria extremamente difícil. As três equipes ganharam o jogo fora de casa e, de repente, só teremos uma definição na última rodada. Está tudo em aberto e temos que crescer com esse momento. Temos equipe para reverter isso e assim vamos para o Chile", comentou, já mirando a partida diante do Huachipato, na próxima quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.