Abel prega humildade no Fluminense

O técnico Abel Braga deixou bem claro que não vai tolerar qualquer clima de euforia entre os jogadores do Fluminense nos dias que antecedem ao primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, domingo, contra o Volta Redonda, no Maracanã. Ele exigiu respeito ao adversário, durante o treino desta quarta-feira nas Laranjeiras."O Fluminense tem de jogar com humildade e seriedade. Não é fácil derrotar o Volta Redonda, que fez excelente campanha. O Vasco e o Flamengo perderam. Eu não acredito numa grande vantagem de gols no primeiro jogo", declarou Abel Braga, que terá três desfalques: o meia Diego, o lateral-esquerdo Juan e o meia Juninho, todos suspensos.Preto Casagrande e Lino vão entrar no meio-de-campo e na laterla-esquerda, respectivamente. Maicon e Alan disputam a vaga de Juninho. A tendência é a de que o primeiro seja o titular no confronto decisivo.Na opinião do volante Marcão, as três ausências em nada prejudicarão o desempenho do Fluminense. "Quem entra na equipe sempre corresponde. A qualidade técnica do elenco é ótima. Além disso, o grupo é coeso. Fico feliz de fazer parte desse time, comandado pelo Abel", disse o jogador, que concordou com o discurso do treinador. "Ninguém ganha nada fora de campo. É preciso respeitar o Volta Redonda."

Agencia Estado,

06 de abril de 2005 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.