Abel preocupado com desgaste da Ponte

Depois de somar sete pontos em apenas uma semana e subir da 21ª para a 12ª posição no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta acredita que já deixou para trás a ameaça de rebaixamento. No encerramento do primeiro turno, contra o Flamengo, domingo, no estádio Moisés Lucarelli, a preocupação do técnico Abel Braga é justamente com o desgaste sofrido nos três últimos jogos."Corremos como loucos para nos recuperar. E todo este esforço vai ser sentido num determinado momento", prevê o técnico. A Ponte somou os 7 pontos fora de casa, vencendo o São Paulo por 2 a 1, o Fortaleza por 3 a 2 e empatando com o Goiás por 0 a 0.Ao mesmo tempo em que se preocupa com o estado dos jogadores, Abel lembra a situação privilegiada do Flamengo, que desde segunda-feira está concentrado e treinando em Águas de Lindóia, no interior de São Paulo.O preparador físico Cristiano Nunes acredita que o estágio do grupo é muito bom. "Como temos muitos garotos, às vezes eles correm um pouco além da conta. Mas se recuperam rapidamente", assegura ele.De qualquer forma, os jogadores foram dispensados após a chegada a Campinas nesta quinta-feira e só voltam aos treinos na sexta à tarde. A idéia é manter a mesma base dos últimos jogos. O volante Romeu é desfalque certo. Ele fraturou o nariz, além de ter recebido o terceiro cartão amarelo. Em seu lugar deve entrar Ângelo. No gol, existe uma dúvida. O titular Alexandre Negri estava servindo a seleção brasileira Sub-23 e deve retomar a sua vaga, com Lauro voltando para o banco.

Agencia Estado,

31 de julho de 2003 | 16h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.