Abel se diz preocupado com 'maratona' do Fluminense

Para o técnico Abel Braga, o Fluminense tem um grande desafio pela frente: liderar uma maratona de jogos decisivos nas próximas duas semanas, a começar por este domingo. Ele vai tentar levar seu time à vitória sobre o Volta Redonda neste domingo, fora de casa, pela semifinal da Taça Rio.

AE, Agência Estado

26 de abril de 2013 | 19h54

Na sequência, o objetivo será manter o time em condições de trazer um bom resultado na quinta-feira seguinte do Equador, quando joga com o Emelec, pela Copa Libertadores. E, depois, conseguir fôlego para a decisão da Taça Rio três dias depois, com Botafogo ou Resende, que se enfrentam neste sábado.

Ele sabe que o clube tem elenco para tanto, mas queria mais flexibilidade das entidades para que o Flu conseguisse um pouco mais de tempo para descanso. Por exemplo, criticou a posição da federação local de deixar para o sábado o jogo do Botafogo e confirmar para domingo o compromisso do Fluminense pelo Campeonato Carioca.

"Esse um dia que poderíamos ter a mais para lidar com a maratona de jogos que provavelmente teremos seria muito útil. Uma pena que não fizeram aqui o que a federação paulista fez com o Palmeiras, que teve um jogo antecipado do Campeonato Paulista para ganhar mais tempo de preparação visando à Libertadores", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseAbel Braga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.