Acaba a audiência de Luxemburgo

Acabou por volta das 15 horas a audiência na Justiça Federal do Rio, relativa ao processo que acusa o técnico Wanderley Luxemburgo e sua ex-secretária Renata Alves de sonegação fiscal. O treinador do Corinthians permaneceu no prédio pois terá outra audiência às 16 horas, relativa ao seu processo de falsidade ideológica. Já Renata disse ter ficado contente com a forma em que foi apresentada a sua defesa.Segundo Renata Alves, a sua testemunha, a empregada doméstica Ruth Pereira, que trabalhou para ela por 4 anos, confirmou o relacionamento de Luxemburgo com sua ex-secretária. Mesmo assim, Renata não deixou de criticar o treinador. ?O Wanderley é muito engraçado. No processo de sonegação eu sou a culpada, no de falsidade é o pai dele. E ele não tem culpa de nada. Ele é um santo?, ironizou a estudante de Direito.As duas testemunhas de defesa de Luxemburgo, Sérgio Eduardo e Ísis Conceição, não compareceram à audiência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.