Rodrigo Gazzanel/ Estadão Conteúdo
Rodrigo Gazzanel/ Estadão Conteúdo

Acertado com Cruzeiro, Gabriel Xavier se despede na Portuguesa

Com quatro meses de salário atrasados, meia destaque na Série B 2014 confirma que não vestirá mais camisa do time do Canindé 

Estadão Conteúdo

13 de fevereiro de 2015 | 18h52

Principal jogador do elenco da Portuguesa no Campeonato Brasileiro da Série B do ano passado, o meia Gabriel Xavier não deve permanecer no clube. Apalavrado com o Cruzeiro, ele entrou na Justiça para conseguir a liberação pelos salários atrasados e nesta sexta-feira esteve no CT do Parque Ecológico para se despedir dos companheiros.

O meia acreditava que conseguiria a liberação na quinta-feira, mas o seu julgamento foi adiado para o dia 26 de fevereiro. Se a Lusa não o liberar antes, ele corre o risco de ter o seu negócio com o Cruzeiro cancelado, afinal o time de Minas Gerais estreia na Copa Libertadores no dia 25 do mesmo mês.

Tentando um acerto o mais imediato possível com o Cruzeiro, o empresário do jogador ofereceu os seus direitos econômicos a Doyen Sports, fundo de investimento parceiro do time de Belo Horizonte, mas a proposta foi recusada.

Independente da assinatura ou não com o Cruzeiro, Gabriel Xavier já definiu que não vestirá mais a camisa da Lusa. Ele alega estar com quatro meses de salários atrasados. A Lei Pelé garante o direito de qualquer atleta quebrar o contrato com o clube após três meses de atrasos em seus honorários.

A Portuguesa não atuou no meio de semana porque enfrentaria o Corinthians e seu jogo foi adiado. Na quarta-feira, recebe o Rio Claro, às 19h30, na Arena Barueri. O time tem cinco pontos, com uma vitória e dois empates, porque só disputou três jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.