Marcelo Ruiz//AFP
Marcelo Ruiz//AFP

Acidente de ônibus com alunos de escola de futebol do Colo-Colo deixa duas crianças mortas

De acordo com relatos de presentes, veículo que levava os garotos se chocou com outro e capotou

Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2018 | 15h54

Uma tragédia acometeu o futebol chileno nesta sexta-feira. Integrantes de uma escola de futebol do Colo-Colo sofreram grave acidente automobilístico na região de Mendoza, na Argentina, quando se encaminhavam para o Paraguai. Três pessoas morreram, sendo que duas delas eram crianças.

+ Nacional-URU expulsa sócio-torcedor que imitou avião diante da Chapecoense

+ Conmebol processa Nacional-URU após gesto de torcida contra a Chapecoense

A Conmebol e o próprio Colo-Colo confirmaram a tragédia. Depois de uma primeira análise do caso, foi informado que dois dos mortos eram jovens integrantes da equipe, enquanto a terceira vítima fatal era um adulto.

"A Conmebol lamenta profundamente a perda da vida de três integrantes da escola de futebol do Colo-Colo. Se solidariza com familiares, com o clube e com a federação de futebol do Chile", disse a entidade. "Lamentamos profundamente o falecimento dos jovens esportistas chilenos envolvidos no acidente na Argentina. Nosso apoio e carinho a suas famílias e pessoas próximas", comentou a Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile.

De acordo com relatos de presentes, o ônibus que levava os garotos se chocou com outro e capotou. Além dos três mortos, 12 pessoas ficaram gravemente feridas, enquanto outras 17 sofreram lesões mais leves. Elas estão sendo atendidas em hospitais em Mendoza e Uspallata.

"Enviamos as condolências às famílias e amigos dos garotos mortos da escola do Colo-Colo no acidente de trânsito ocorrido na Argentina. Nosso apoio para eles!", escreveu o clube nas redes sociais. A ANFP decretou luto no futebol chileno e informou que as partidas do Campeonato Nacional no fim de semana terão um minuto de silêncio.

Tudo o que sabemos sobre:
Colo-colo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.