Acidente de trânsito mata volante do título de 90 do Corinthians

Jairo Schenkel Scheid tinha 41 anos e foi um dos volantes do time campeão do Campeonato Brasileiro de 1990

19 de outubro de 2007 | 16h06

Pouco lembrado pela torcida corintiana, o volante Jairo, campeão do Brasileirão de 1990, faleceu na madrugada desta sexta-feira, em decorrência de um acidente de trânsito em Francisco Beltrão, interior do Paraná.   Jairo Schenkel Scheid, que tinha 41 anos, colidiu sua moto com um automóvel numa das principais avenidas da cidade. O ex-jogador sofreu traumatismo craniano e não resistiu aos ferimentos, apesar de ter chegado ao hospital da cidade com vida.   O auge da carreira de Jairo, como jogador, aconteceu entre os anos de 90 e 92, quando defendeu o Corinthians, juntamente com ícones do clube como Neto e o o "talismã" Tupãzinho, autor do gol do título sobre o rival São Paulo.   Depois, o ex-jogador deixou o clube como parte de pagamento pelo zagueiro Henrique, que jogava pelo União São João. Oriundo do Criciúma, Jairo marcou sete gols em 84 jogos com a camisa do Corinthians.   Ultimamente, Jairo chegou a ser treinador do time de Francisco Beltrão por quatro vezes, mas não emplacou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.