Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

ACM Neto libera treinamentos de clubes em Salvador, mas com série de restrições

Estão proibidas, no entanto, atividades em ambiente fechado e presença de torcedores, imprensa e pessoas não relacionadas ao treinamento

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2020 | 16h21

Antônio Carlos Magalhães Neto, prefeito de Salvador, liberou nesta segunda-feira os treinamentos na capital da Bahia, mas impôs diversas restrições aos clubes de futebol por causa da pandemia do novo coronavírus. O novo posicionamento da prefeitura é um alívio para o Vitória, uma vez que o Bahia já realiza as suas atividades nas cidades vizinhas de Dias D'Ávila e Camaçari.

"Aquele coletivo que às vezes ensaia uma partida de futebol não está permitido. Só treinos individuais, assegurando o distanciamento entre um metro e meio entre atletas e funcionários. O funcionamento está restrito a 50% dos funcionários e atletas. Os clubes precisarão fazer um revezamento. Vamos limitar a 50%", explicou ACM Neto.

Os clubes que quiserem treinar na capital baiana ainda terão que medir a temperatura, diariamente, de todos aqueles que estiverem no CT, além de ser proibido atividades em ambiente fechado e presença de torcedores, imprensa e pessoas não relacionadas ao treinamento. Os times também terão que vacinar todos contra a H1N1 e fazer testes de covid-19.

"Todas as medidas valem para os centros de treinamento de futebol profissional. O mais diretamente afetado no momento é o Barradão, já que o Bahia treina em Dias D'Ávila, no CT Evaristo de Macedo, embora o Bahia tenha nos ajudado na elaboração dos protocolos", completou o prefeito de Salvador.

O Campeonato Baiano está paralisado desde meados de março. Os clubes entraram de férias em abril e, depois, passaram a treinar de forma individual e online.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.