Aconselhado por preparador, Tite cancela treino tático

Sequência de jogos faz técnico poupar atletas até no CT

RAPHAEL RAMOS, Estadão Conteúdo

15 de setembro de 2015 | 18h14

A maratona de 11 jogos em 35 dias deixou o elenco do Corinthians no seu limite do desgaste físico. Nesta terça-feira, por exemplo, Tite não pôde fazer um treino tático com os titulares porque o preparador físico Fábio Mahseredjian avisou a comissão técnica que poderiam ocorrer lesões se os atletas fossem submetidos a uma carga pesado de exercícios.

Tite acatou a decisão e os jogadores acabaram fazendo apenas uma roda de "bobinho". O volante Elias e o meia Renato Augusto, os mais desgastados, nem foram a campo e ficaram na academia fazendo um trabalho de reforço muscular para terem condições de jogo nesta quarta-feira, contra o Internacional, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Beira-Rio.

"Eu e o Fábio quebramos o pau (risos). Eu queria treinar, mas ele não. Ele me disse que interferiria fisicamente nos atletas, que os jogadores precisavam fazer um outro tipo de trabalho. Sei da importância, da responsabilidade. Mas, como técnico, eu queria trabalhar com bola", disse Tite.

O Corinthians é líder do Campeonato Brasileiro com 54 pontos, cinco a mais do que o Atlético-MG, segundo colocado. Depois do jogo contra o Internacional, a equipe tem o clássico com o Santos, domingo, no Itaquerão. Como o Corinthians está fora da Copa do Brasil, terá a próxima semana livre e só retorna a campo no dia 27, quando enfrenta o Figueirense, em Florianópolis.

Apesar do desgaste físico dos jogadores, Tite não vai poupar nenhum jogador contra o Internacional. A única mudança em relação ao time que começou jogando contra o Joinville, domingo, é a entrada de Malcom no lugar de Rildo, machucado. A escalação do Corinthians será: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Elias, Renato Augusto e Jadson; Malcom e Vagner Love.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthianstreino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.