Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Acordo com empresa faz Palmeiras jogar de azul contra o Cruzeiro

Terceira camisa é um uniforme especial para a Copa do Brasil

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

20 de agosto de 2015 | 11h08

Um fato que chamou a atenção do torcedor na vitória do Palmeiras por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, quarta-feira, no Allianz Parque, pela Copa do Brasil, foi a equipe da casa entrar em campo de camisa azul, mesma cor que predomina no tradicional uniforme do adversário. Assim, o time mineiro atuou de camisas brancas e nenhuma das equipes utilizou seu uniforme número 1, algo raro de se ver nas partidas. Um acordo entre Palmeiras e Adidas explica a decisão bastante curiosa.

O Estado apurou que durante as conversas para renovar contrato, Palmeiras e Adidas fizeram um acordo para que o clube transformasse a terceira camisa do time, na cor azul, em uma espécie de uniforme especial para ser utilizado na Copa do Brasil. Trata-se de uma ação parecida com a que vários clubes da Europa fazem quando vão disputar a Liga dos Campeões. Com exceção do jogo contra o ASA, fora de casa, em todas as outras partidas da competição nacional, o Palmeiras jogou com a camisa azul.

Com a renovação de contrato podendo ser anunciada até o início da semana que vem, Palmeiras e Adidas também vão lançar um novo uniforme na quarta-feira, dia 26, data de aniversário de 101 anos do clube. Palmeiras e fornecedora não dão maiores informações sobre assunto, mas a tendência é que a nova camisa seja prateada e tenha detalhes em verde e faça referência às Taça Savoia, primeiro título conquistado pelo time na sua história, em 1915. Imagens do suposto novo uniforme já circula nas redes sociais desde abril. 

Palmeiras e fornecedora de material esportivo devem renovar contrato após uma longa negociação. O contrato inicial se encerrou em dezembro do ano passado e foi prorrogado por mais um ano para que pudessem negociar com tranquilidade. Neste período, o acerto chegou a estar bem distante, mas os dois lados cederam em partes e a renovação está por detalhes de ser sacramentada. O Palmeiras vai receber cerca de R$ 20 milhões, entretanto, terá a quantidade de material esportivo reduzido. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasAdidasCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.