Acordo com Silas mela e Ponte procura outro treinador

Depois de uma semana de especulações, a Ponte Preta confirmou no final da tarde desta quinta-feira que Silas não assumirá o clube na sequência da temporada no lugar de Guto Ferreira. O treinador tinha um acerto verbal para assumir o time, mas as partes resolveram voltar atrás. "Entendemos que este é um momento de intranquilidade para eu assumir o clube. Por isto chegamos a um consenso. No futuro tenho certeza que nossos caminhos voltarão a se cruzar", afirmou o técnico.

AE, Agência Estado

13 de junho de 2013 | 20h29

A Ponte Preta iniciou as conversas com Silas na semana passada, logo depois de demitir Guto Ferreira, e desde então a negociação está se arrastando. Sonho de consumo do presidente de honra Sérgio Carnielli, o treinador enfrentaria desconfiança de boa parte dos torcedores devido à ligação de seus irmãos - Paulo Pereira e Eli Carlos - com o rival Guarani. Esta notícia foi "plantada" na imprensa, mas a rivalidade local não atrapalharia o trabalho dele.

"Não existe esta questão de ser torcedor de este ou aquele time. O fato dos meus irmãos (Paulo Pereira e Eli Carlos) terem trabalhado no Guarani não atrapalhou em nada nossa negociação", encerrou Silas.

Agora as novas indicações devem sair do departamento de futebol, do diretor executivo Ocimar Bolicenho. Paulo Bonamigo era seu preferido, mesmo porque poderia voltar do exterior até o final do mês. Mas Bonamigo renovou contrato com o Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos. Jorginho, ex-Flamengo, Paulo César Gusmão e Estevam Soares são nomes que engrossam a lista dos dirigentes.

Aproveitando a parada do Campeonato Brasileiro para a Copa das Confederações, a Ponte Preta concedeu dez dias de férias para os jogadores, que retornam ao trabalho no dia 20. Com apenas três pontos, o time segura a lanterna.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaSilas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.