Acusação de "corpo mole" irrita Ibson

Apontado como a revelação do Flamengo em 2004, o meia Ibson fez um desabafo hoje e afirmou que vinha atuando com dores na coxa direita. O jogador ficou irritado por causa das insinuações de que teria feito "corpo mole" para não atuar contra o Madureira, na quarta-feira, por estar próximo de ser negociado para um clube europeu. "Estou há três anos no Flamengo e não me lembro de ter ficado fora de uma partida por contusão, essa foi a primeira vez", disse Ibson, que sente dores na coxa direita. "Para estrear no Carioca, no domingo, tive que atuar sob efeito de injeções para dor." Como seu contrato com o Flamengo termina no final do ano, se Ibson não for negociado até o final do compromisso, o clube nada receberá por sua saída. Por isso, o vice-presidente de futebol rubro-negro, Gérson Biscotto, está em Portugal tentando arrumar viabilizar a negociação do atleta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.