Acusação de racismo em clássico do Inglês é apurada

A polícia da Grã-Bretanha está investigando imagens para verificar se um torcedor abusou racialmente do belga Vincent Kompany, capitão do Manchester City, quando ele dava uma entrevista após o clássico contra o Manchester United, vencido pela sua equipe por 2 a 1, que foi disputado na última segunda-feira, válido pelo Campeonato Inglês.

AE-AP, Agência Estado

09 de abril de 2013 | 14h26

A polícia de Manchester disse que não recebeu reclamações relativas ao suposto incidente, mas está ciente de que o incidente "foi filmado pelo (jornal) Manchester Evening News". Em comunicado divulgado nesta terça-feira, a polícia declarou que "a força vai trabalhar com ambos os clubes e reverá qualquer filmagem para investigar o incidente".

Kompany estava dando uma entrevista para o canal de TV Sky Sports no túnel após a vitória do Manchester City por 2 a 1 em Old Trafford quando ocorreu o incidente. Com o triunfo, a equipe do jogador belga chegou aos 65 pontos, na segunda colocação no Campeonato Inglês, com 12 a menos do que o líder Manchester United.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.