Acusado de doping, Barça pede indenização milionária

O Barcelona comunicou nesta quinta-feira que entrou com um pedido de indenização contra a rádio Cope, que divulgou, há um mês, um boato de que o Real Madrid iria solicitar que a Federação Espanhola apurasse supostos casos de doping do time catalão.

AE, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 16h31

Alegando "Intromissão ilegítima no direito de honra, derivada das afirmações realizadas", o Barcelona quer uma indenização de cerca 6.190.090 euros

O clube considera, em nota, que os comentários do jornalista Juan Antonio Alcalá, proferidos em 13 de março, "prejudicaram a imagem, o prestígio e a reputação que o clube construiu".

Na época, o jornalista afirmou que existia uma suposta preocupação por parte do Real Madrid porque no Barcelona estavam trabalhando "alguns médicos de duvidosa reputação, por estarem relacionados à dopagem", conforme falou no programa ?El Partido de las 12?.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonadoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.