Adãozinho está de saída do Palestra

O volante Adãozinho deve ser o primeiro jogador a deixar o Palmeiras após a eliminação do Paulistão. Desgostoso com a sua condição de reserva, pediu alguns dias de folga à comissão técnica e foi atendido. Paralelamente, estuda proposta do Fluminense para disputar o Campeonato Brasileiro. "Ele ficará alguns dias fora para ver o que é melhor para sua carreira", confirmou um amigo de Adão ao JT.O jogador sempre foi muito querido por Jair Picerni. Mas sua atuação no caso que envolveu sua ida à boate Porkarias, em Bragança Paulista, dias antes da semifinal do Paulistão, ao lado de Vágner Love e Lúcio, não foi bem aceita pela comissão técnica. Na ocasião, Adão, a pedido do próprio treinador, garantiu aos repórteres que não havia saído com os dois jogadores, limitando-se a levá-los a um evento sem maiores repercussões. No entanto, foi desmentido horas depois pelo próprio gerente da casa noturna.Outro jogador que está com dias contados no Parque Antártica é o lateral-esquerdo Marquinhos. Hoje, irá se submeter a um exame mais apurado no hospital Santa Catarina para detectar a gravidade de uma lesão no pé que o impossibilita de entrar em campo. Mas uma proposta do Atlético Mineiro já está sendo estudada pelo presidente Mustafá Contursi. Algumas atitudes de Marquinhos causaram constrangimento. Em alguns dias, chega a passar três horas sem falar com ninguém.A reunião para tratar de reforços envolvendo o presidente Mustafá Contursi e Jair Picerni foi transferida de ontem para hoje. Dirigentes próximos ao presidente garantem que o zagueiro Gabriel, da Ponte Preta e que disputou o Mundial Sub-20 nos Emirados Árabes, interessa. Jardel está temporariamente descartado. Nenhum membro da comissão técnica entrou em contato com os procuradores do atacante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.