Robson Fernandes/Estadão
Robson Fernandes/Estadão

Adaptação ao Palmeiras não será problema, diz Gareca

Treinador deve assinar contrato de dois anos com o clube paulista

Daniel Batista, Agência Estado

21 de maio de 2014 | 17h44

SÃO PAULO - Quando começou a circular o nome de Ricardo Gareca para ser o técnico do Palmeiras, os que criticavam a opção pelo treinador alegaram que ele não conhece o futebol brasileiro, o que seria um grande problema. Mas, nesta quarta-feira, assim que chegou ao Brasil para acertar com o time alviverde, Gareca garantiu que não terá dificuldades de adaptação.

"Conheço o suficiente (o time) e tenho tempo para conhecer. O Palmeiras é grande e não terei nenhum tipo de problema", assegurou. O treinador vai contar com a ajuda dos atuais membros da comissão técnica do clube e também dos dirigentes, principalmente de Omar Feitosa, o gerente de futebol.

Um ponto que também chegou a ameaçar a concretização do acerto era a questão familiar. A mulher de Gareca não estava disposta a se mudar para o Brasil, mas isso também parece ser assunto superado.

"Minha família não tem nada a ver. Ela me apoia em qualquer decisão que eu tomar e vão estar comigo quando eu decidir", garantiu o treinador de 56 anos, que deve assinar contrato de dois anos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasRicardo Gareca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.