AP - 15/01/2010
AP - 15/01/2010

Adebayor anuncia aposentadoria da seleção de Togo

Atacante não esquece incidente sofrido pela delegação durante Copa Africana de Nações

AE, Agência Estado

12 de abril de 2010 | 15h12

O atacante Emanuel Adebayor anunciou nesta segunda-feira que não voltará a jogar pela seleção de Togo. O jogador do Manchester City disse que segue "traumatizado" pelo ataque armado que a equipe sofreu antes do começo da Copa Africana de Nações, disputada em janeiro, em Angola.

Um grupo armado metralhou o ônibus em que viajava a seleção, matando dois integrantes da delegação, no dia 8 de janeiro. "Depois dos trágicos acontecimentos durante a Copa Africana em janeiro, em que dois dos meus compatriotas foram assassinados por terroristas de Angola, tomei a dura decisão de me aposentar do futebol de seleções".

Adebayor revelou que ainda não se recuperou do trágico incidente enfrentado pela seleção de Togo. "Eu pesei os meus sentimentos nas semanas e meses desde o ataque, e eu ainda estou assombrado pelo acontecimentos que testemunhei naquela tarde horrível no ônibus da equipe de Togo".

Considerado o melhor jogador do seu país, Adebayor fez a sua estreia pela seleção de Togo em 2000 e defendeu a equipe na Copa do Mundo de 2006. O atacante de 26 anos participou de 38 partidas pela equipe e marcou 16 gols.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolTogoAdebayor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.