Reprodução TV/AP
Reprodução TV/AP

Adebayor desiste de disputar a Copa Africana de Nações

Equipes inglesas pedem para que jogadores abandonem a competição e retornem para a Europa

estadao.com.br

09 de janeiro de 2010 | 13h43

Capitão da seleção de Togo, Emmanuel Adebayor desistiu de disputar a Copa Africana de Nações que começa neste domingo, em Angola. A decisão veio um dia depois de o ônibus da equipe ter sido atacado por terroristas, que metralharam o veículo e fizeram pelo menos duas vitimas fatais entre a comissão técnica, o assessor de imprensa e um assistente técnico.

Veja também:

link Goleiro de Togo confirma mais duas mortes após ataque

link Apesar de ataque, organizadores mantêm Copa Africana

link Fifa e Confederação Africana condenam ataque a ônibus

linkApós ataque, clubes cobram segurança na Copa Africana

linkJogadores propõem boicote à Copa Africana de Nações

Quem confirma que o craque abandonou a competição é o Manchester City, clube de Adebayor. "Ele já está saindo de Angola, mas ainda não sabemos se por terra, ou por avião, e também ainda não sabemos o seu destino", disse o porta-voz Simon Heggie.

Assim como Adbayor, outros jogadores, inclusive de outras seleções, devem tomar a mesma decisão e abandonar o torneio, pelo menos no que depender da vontade dos clubes ingleses. O técnico do Hull City, Phil Brown, foi o primeiro a pedir a volta dos africanos que disputam o Campeonato Inglês, como é o caso de Seyi Olofinjana (Nigéria) e Daniel Cousin (Gabão), que defendem seu time.

Em declarações publicadas neste sábado pelo jornal britânico "The Sun", Brown diz que queria seus dois jogadores "novamente em casa".

O técnico do Aston Villa, Martin O'Neill, expressou seu choque perante o ocorrido e se disse aliviado que o meio-campo Moustapha Salifou, de Togo, não tenha ficado ferido no ataque.

"O clube esteve em contato com ele e nos assegurou que está bem, mas está em estado de choque e extremamente triste", comentou o treinador. (Com agencias internacionais)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.