Ademar Braga culpa a arbitragem pela derrota

Assim como fez após a vitória sobre a Universidad Católica em Santiago, ainda na primeira fase, o técnico Ademar Braga atacou a arbitragem da Copa Libertadores da América. Ele não gostou nada da atuação do paraguaio Carlos Amarilla na derrota para o River Plate no Monumental de Nuñez, nesta quarta-feira. Sobretudo pela anulação de um gol legítimo de Tevez no começo do segundo tempo."Ninguém gosta de perder, ainda mais assim, jogando contra o bandeira e o árbitro. Nós empatamos o jogo e eles não deixaram. Ainda deram um escanteio que não foi e saiu o terceiro gol", reclamou Braga. "Mal intencionado eles não são, nenhuma chance. Eles são ruins mesmo", completou.O técnico também fez questão de inocentar o volante Mascherano pela expulsão na segunda etapa. "Ele não prejudicou não, a falta que ele fez ele não encostou no cara. E ainda tomou um pontapé", disse, referindo-se a uma entrada violenta de Ferrari ainda no primeiro tempo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.