Cesar Greco / SE Palmeiras
Cesar Greco / SE Palmeiras
Imagem Robson Morelli
Colunista
Robson Morelli
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Ademir da Guia batiza Palmeiras de Dudu e Raphael Veiga de 'Terceira Academia'

Eterno camisa 10 do clube publica nas redes uma foto sua ao lago do volante Dudu, uma das duplas mais importantes do futebol brasileiro, e outra do atacante Dudu abraçado com o meia comandado por Abel Ferreira

Robson Morelli, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2022 | 09h59

Em sua conta no Twitter, o Divino Ademir da Guia afirmou sem medo de errar que o Palmeiras sob o comando de Abel Ferreira é a "Terceira Academia", numa referência ao time em que ele mesmo jogou em décadas passadas apelidado de Academia 1 e, depois, Academia 2. Foi uma forma de dizer na época que o Palmeiras era muito mais do que um simples time. "Bem-vindos à Terceira Academia", escreveu o eterno camisa 10. A Primeira Academia tinha jogadores como Valdir de Morais, Djalma Dias, Djalma Santos, Julinho, Ademir, Servílio...

Ademir da Guia também se rendeu ao talento de Dudu e Raphael Veiga, numa comparação com ele próprio ao lado do volante Dudu no post publicado nesta quarta. Ele publica na rede social uma foto sua com Dudu, das décadas de 1960/70, e outra de Dudu abraçado a Raphael Veiga, a dupla que comanda o Palmeiras na atualidade. Veiga fez três gols na vitória de 5 a 0 sobre o Independiente Petrolero, pela Libertadores, e se transformou no maior artilheiro do clube em sua história na competição sul-americana.

Com a vitória desta terça-feira, o Palmeiras se garantiu para a próxima fase da disputa, com duas partidas de antecedência. Tem 100% de aproveitamento em quatro jogos: 12 pontos. O time de Dudu e Raphael Veiga luta pela terceira conquista seguida da Libertadores, uma vez que a equipe brasileira foi campeão em 2020 e 21 - o Palmeiras também venceu o torneio em 1999.

Na brincadeira do post de Ademir da Guia, ele coloca o ator do filme Homem Aranha, Tobey Maguire, tirando e colocando os óculos. Sem eles, vê Dudu e Ademir. Com os óculos, se depara com Dudu e Veiga, numa viagem no tempo, trazendo o passado para o presente na história do clube. Há, no entanto, torcedores que creditam a Terceira Academia ao trabalho do Palmeiras na era Parmalat, na década de 1990, quando o time foi comandado por Wanderlei Luxemburgo e saiu da fila de 16 anos sem conquistas.

Nesta temporada, o Palmeiras vai bem na Libertadores, ganhou o primeiro jogo da Copa do Brasil contra o Juazeirense, foi campeão Paulista, mas ainda precisa se recuperar no Brasileirão após quatro partidas e colocação apenas de meio de tabela, 11ª posição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.