Adiado julgamento de Júnior Baiano

Inicialmente marcado para hoje, o julgamento do zagueiro Júnior Baiano pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), segunda instância, foi adiado para a próxima quinta-feira. Uma gripe do presidente do tribunal, Luíz Zveiter, e a falta de quórum no STJD foram os motivos para a mudança de data. Os auditores não foram ao prédio da CBF porque tinham outro compromisso na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em primeira instância, o jogador foi condenado a 120 dias de suspensão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.