Adiado para segunda reunião para escolher técnico argentino

BUENOS AIRES - A primeira reunião prevista para sexta-feira da comissão de seleções da Associação do Futebol Argentino (AFA), para escolher o sucessor de Diego Maradona como técnico, foi adiada para segunda-feira.

Efe

28 de outubro de 2010 | 23h53

O adiamento se deve ao luto oficial pela morte do ex-presidente do país Néstor Kirchner, ocorrido na quarta-feira.

Segundo a informação oficial, a comissão, formada por seis dirigentes, receberá do diretor-geral de seleções, Carlos Bilardo, uma lista com os candidatos ao cargo, trâmite que inúmeros meios de comunicação locais consideram uma montagem ao indicar que o escolhido é o atual interino, Sergio Batista.

Dois dos membros desse grupo, os vice-presidentes do Boca Juniors, Juan Carlos Crespi, e do River Plate, Dirgo Turnes, disseram nos últimos dias à imprensa que o único candidato é Batista.

A ratificação de Batista no cargo poderia ser anunciada na próxima terça-feira, quando o presidente da AFA, Julio Grondona, retorne de Zurique (Suíça), cidade em que participou de um Congresso da Fifa.

Após a Copa do Mundo da África do Sul, Batista convocou os jogadores e esteve e comandou amistosos contra Irlanda, Espanha e Japão.

O próximo amistoso da Argentina será com o Brasil em 17 de novembro no Catar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.