Adidas atinge recorde em vendas de artigos da Copa

A empresa alemã de equipamento esportivo Adidas registrou no último ano negócios no valor de um 1,2 bilhão de euros pela venda de artigos relacionados a futebol, de acordo com o anunciado nesta quarta-feira en uma conferência da empresa. O grupo inicialmente previa um volume de vendas próximo a 1 bilhão de euros, contra os 900 milhões registrados anteriormente. "Não somente temos alcançado nossos objetivos, como também superado", declarou Herbert Hainer, presidente da empresa. As vendas têm sido impulsionadas, principalmente, pela Copa do Mundo. Para se ter uma idéia, só da bola oficial da Copa, a "Teamgeist", palavra alemã que significa "espírito de equipe", foram vendidas mais de 15 milhões de unidades, enquanto que em 2002, a empresa vendeu 6 milhões de unidades da "Fevernova", a bola oficial da Copa realizada no Japão e na Coréia do Sul.A empresa alemã veste seis das 32 seleções participantes do Mundial. Dessas, três ainda continuam na disputa pelo título: França, Alemanha e Argentina. Portanto, a expectativa de Hainer é que a venda de camisetas aumente ainda mais em função do desempenho destas seleções, principalmente de Alemanha e Argentina, que estão a dois dias de disputar as quartas-de-final, em Berlim. "Não há a menor dúvida de que a Adidas é a campeã desta Copa", concluiu Hainer.Terminada a Copa, as vendas prometem continuar altas, pois a empresa anunciou que será a responsável pelo fornecimento das bolas oficiais para a Eurocopa de 2008, que será disputada na Suíça e na Áustria. Por isso, a empresa prevê novos recordes de vendas em 2008 - mesmo em 2007, ano em que não haverá grandes torneios, espera-se que as vendas atinjam em torno de 1 bilhão de euros. Além disso, a empresa alemã fornecerá, a partir das próxima temporada até 2009, as bolas para os jogos da Liga dos Campeões da Europa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.