Adilson admite que Cruzeiro não foi bem no Olímpico

O técnico do Cruzeiro, Adilson Batista, admitiu que seu time não teve bom desempenho no jogo de sábado, quando perdeu para o Grêmio por 1 a 0, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. Para ele, o rendimento cruzeirense melhorou no segundo tempo, mas faltou mais competência nas finalizações.De acordo com Adilson, a equipe mineira teve muitas dificuldades com a forte marcação adversária e sofreu na saída de bola. "O Grêmio começou melhor. Nos primeiros 30 minutos pressionou e não deixou a gente jogar. Tivemos algumas dificuldades. Depois o Cruzeiro melhorou, começou a tocar a bola, só que afunilava. Já estava 1 a 0 e a gente tentou corrigir isso no intervalo para que rodasse um pouquinho essa bola", afirmou o técnico."Acho que o Cruzeiro voltou melhor no segundo tempo. Faltou mais agressividade, poder de decisão, inverter essa bola. Mas é sempre difícil jogar aqui (no Olímpico). O objetivo era tentar reverter essa situação do primeiro tempo. O Grêmio mereceu pelo ímpeto do começo do jogo", completou Adilson.Com a derrota de sábado, o Cruzeiro foi ultrapassado pelo próprio Grêmio na classificação do Brasileirão - caiu para terceiro lugar, com 24 pontos, contra 25 dos gaúchos. O time mineiro volta a campo na quarta-feira, quando recebe o Goiás no Mineirão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.