Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Adilson Batista ironiza faixa de protesto da torcida

Apesar da impaciência dos torcedores, técnico do Santos diz que está tranquilo

AE, Agência Estado

25 de fevereiro de 2011 | 13h38

Com apenas uma vitória nas últimas seis partidas, o clima do Santos não é dos melhores. A paciência dos torcedores com o técnico Adilson Batista parece já ter se esgotado e, durante a semana, uma faixa com os dizeres "Muito faz quem não estorva! Fora, Adilson!!" foi estendida em uma padaria próxima ao clube, que é um tradicional reduto de santistas famosos. Sabendo disso, o treinador deu uma resposta bem-humorada e ao mesmo tempo irônica nesta sexta-feira.

"Estou tranquilo. Vamos procurar fazer um bom futebol, vencer o jogo (contra o São Bernardo, neste sábado) e aí na segunda-feira vamos lá nessa padaria tomar um café", declarou, em entrevista ao canal SporTV.

A partida entre Santos e São Bernardo, neste sábado, na Vila Belmiro, é válida pela décima rodada do Campeonato Paulista. Tentando voltar à liderança, Adílson cogita usar força máxima, mesmo com confronto no meio da semana que vem pela Libertadores. A equipe enfrenta o Cerro Porteño, na próxima quarta, também na Vila Belmiro.

"Neste sábado, temos um jogo importante para que a gente volte a vencer e para que o torcedor também venha com tudo para nos apoiar contra o Cerro Porteño também", afirmou Adilson.

O treinador não poderá contar com o zagueiro Edu Dracena nem com o volante Rodrigo Possebon, suspensos. Por conta disso, a escalação para a partida deste sábado ainda é dúvida e o time santista pode voltar a atuar no esquema 4-3-3.

"Eu já fiz isso (escalar três atacantes) em outros jogos. Independentemente de ter três homens na frente, o importante é voltar a ter todos à disposição aos poucos e ter tido um tempo maior para preparação", concluiu Adilson, fazendo mistério sobre o esquema que irá utilizar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.