Adilson diz que Cruzeiro mereceu vitória no sábado

O técnico Adilson Batista exaltou o equilíbrio do clássico deste sábado, com o rival Atlético Mineiro, mas afirmou que o Cruzeiro mereceu a vitória, por 3 a 1, pelo estadual. Para o treinador, a atuação do seu time no segundo tempo foi decisiva para o resultado.

AE, Agencia Estado

21 de fevereiro de 2010 | 12h33

"No segundo tempo a gente melhorou com a entrada do Pedro Ken. A gente teve mais consistência. Evidente que eles tiveram chances, mas nós também. Aí com o gol do Léo [Silva] tivemos tranquilidade e depois com um lance decisivo do Roger, as coisas ficaram sob controle e foi justo pelo segundo tempo que fizemos", avaliou.

Adilson, porém, reconheceu as dificuldades impostas pelo Atlético, que chegou a ter um gol anulado equivocadamente no início da segunda etapa. "Foi equilibrado, um bom jogo, de bom nível técnico. Tivemos parte do primeiro tempo, depois o Atlético-MG melhorou. Tivemos dificuldades em cima do Diego pegando o Muriqui", admitiu.

O técnico ainda elogiou a estreia do meia Roger, que marcou o terceiro gol e deu assistência para o segundo. "Roger entrou dentro de uma previsão. Ainda não está 100%, o que é normal, porque vinha de uma competição e temos que ter paciência. Mas é um jogador talentoso, pegou, virou, enfiou uma bola, bateu falta, escanteio, segurou e cavou falta", enumerou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.