Fábio Motta/Estadão - 10/11/2013
Fábio Motta/Estadão - 10/11/2013

Adilson exalta goleada do Vasco, mas evita euforia

Equipe ocupa a terceira colocação do Campeonato Carioca, com cinco pontos ganhos

Agência Estado

27 de janeiro de 2014 | 12h08

RIO - O técnico Adilson Batista exaltou a boa atuação exibida pelo Vasco no último domingo, em São Januário, onde o time atropelou o Friburguense e goleou por 6 a 0, resultado que garantiu a equipe cruzmaltina na terceira colocação do Campeonato Carioca, com cinco pontos ganhos.

"Estamos mais tranquilos. Tivemos problemas nos dois primeiros jogos e fizemos por merecer o resultado de hoje (domingo). O Vasco foi convincente. Mas não dá para comemorar muito, pois já temos outro jogo na quarta-feira", disse o comandante, também contendo a euforia ao se referir ao confronto diante do Audax, em Volta Redonda, pela quarta rodada do torneio estadual.

O treinador, entretanto, não economizou elogios aos jogadores ao comentar a atuação diante do Friburguense. Entre eles, o colombiano Montoya, autor de um gol e de grandes jogadas no duelo, teve seu desempenho exaltado.

"O futebol é dinâmico, é o dia a dia, é rendimento, oportunidades. Ele está aproveitando, fez uma boa pré-temporada. Levou uma vantagem sobre alguns no aspecto físico por ser um jogador mais leve, e agora cabe a ele agora dar sequência. Quando estava na esquerda teve algumas dificuldades, depois foi para o lado direito, aí ele sobressaiu, veio por dentro, tabelou, criou, chutou, foi inteligente no primeiro gol por acompanhar o rebote e fez um belo de um jogo", analisou Adilson.

A evolução do time em relação ao jogo contra o Macaé, com o qual o Vasco empatou por 1 a 1, na última quarta-feira, também foi enfatizada pelo técnico. "O importante é criar, a partir do momento que uma equipe cria você dorme mais tranquilo. Hoje (domingo) foi importante. Em Macaé nós tivemos mais dificuldades, foi um jogo sonolento, fomos um time mais preguiçoso", admitiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.