Sergio Neves/AE
Sergio Neves/AE

Adílson garante não haver problema com Bruno César

Artilheiro do time com nove gols, o meia teria reclamado por não estar jogando em sua posição

AE, Agência Estado

25 de setembro de 2010 | 18h33

Adílson Batista garantiu, neste sábado, não haver problema entre ele e o meia Bruno César, que reclamou por estar jogando fora de posição. O técnico do Corinthians disse que isso é um assunto já superado, mas repreendeu a atitude do jogador.

"Ele tem essa liberdade de se manifestar, de emitir uma opinião. Quando eu cheguei, perguntei: ''onde você gosta de jogar?'' Eu trabalho assim, dá para fazer isso. Quando joga bem não fala nada, e quando deixa de fazer gols é porque estava fora de posição, certo?", comentou.

Bruno chiou porque, para ele, estava jogando mais aberto no ataque e não como meia armador, posição para a qual foi contratado. Coincidentemente, depois dessa mudança, ele parou de fazer gols. Ainda é o artilheiro do time, com nove gols, mas já está há cinco rodadas sem marcar.

Ex-jogador, Adílson Batista disse que entende esse tipo de coisa. Falou que Bruno César ainda é um menino (tem 21 anos) e que, por isso, às vezes, deixa se influenciar por outras pessoas. "Há outros interesses por trás das reclamações".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.