Adrian Mutu admite uso de cocaína

O atacante Adrian Mutu, do Chelsea, admitiu ter consumido cocaína, confirmou nesta terça-feira o diretor-executivo da Associação de Jogadores da Inglaterra (PFA), Gordon Taylor. A confissão do jogador romeno, que teria dado positivo no primeiro teste, dispensa a segunda análise (prova B). Embora o atleta tenha admitido o uso da droga antes mesmo da contraprova, dificilmente sua pena deve ser atenuada e ele pode ficar suspenso por dois anos dos gramados. Há a possibilidade ainda de Mutu substituir a punição por um tratamento de desintoxicação. ?Mutu não seguirá adiante com a contraprova. Deu positivo para cocaína?, revelou Taylor.Segundo o dirigente, uma reunião com a Federação Inglesa vai definir o futuro do jogador. Mutu chegou ao Chelsea em 2003 procedente do Parma pela quantia de US$ 28,4 milhões. Desafeto do técnico José Mourinho, ele não joga pela equipe desde o dia 11 de setembro, mas defendeu no dia 8 de outubro a seleção da Romênia na derrota para a República Checa nas eliminatórias européias ao Mundial de 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.