Adriano chega atrasado ao treino e ameaça bater em fotógrafo

Atacante ainda interrompe tratamento e vai embora sem autorização; diretoria do São Paulo deve punir o atleta

Alfredo Luiz Filho, Jornal da Tarde

29 de fevereiro de 2008 | 11h18

O atacante Adriano mais uma vez voltou a criar problemas por causa de seu comportamento. O Imperador chegou atrasado ao treino do São Paulo na manhã desta sexta-feira, no CCT da Barra Funda, interrompeu um tratamento de uma lesão e ainda ameaçou agredir um fotógrafo. Veja também: Adriano pode ter contrato rescindido neste sábado Adriano: do apogeu à ameaça do ostracismo no futebol Porsche de Adriano se envolve em acidente em São Paulo Adriano não estava relacionado para o treino em campo com os demais atletas. O jogador, com dores na coxa esquerda, chegou ao Centro de Treinamento com 28 minutos de atraso - além dele, Borges e Hugo atrasaram, 22 minutos cada. Nesta sexta, Adriano deveria realizar tratamento da lesão no Reffis (Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica) - os trabalhos de recuperação seriam demorados, provavelmente em duas sessões. No entanto, o atacante decidiu ir embora sem autorização. "Ele foi embora porque quis", explica o superintendente de futebol, Marco Aurélio Cunha. Na saída, Adriano foi abordado por um cinegrafista e um fotógrafo do diário Lance!. O Imperador, irritado, disparou contra o fotógrafo: "Se você tirar uma segunda [foto], eu te quebro aqui." Na quinta-feira, Adriano foi o único atleta do grupo que desembarcou da viagem na Colômbia sem o uniforme oficial. Na ocasião, a diretoria negou que o atacante tivesse regalias. "Ele cometeu três faltas nesta sexta-feira", diz Marco Aurélio. "O atraso; ter ido embora durante o tratamento e a ameaça ao jornalista. "Aqui, fica quem gosta, quem se sente bem e quem trabalha para o grupo." Marco Aurélio afirmou que o atacante, com contrato até o fim da Libertadores, não faz falta ao time. "Aqui joga quem quer. Se está descontente, pode ir embora. O Carlos Alberto [exemplo citado pelo dirigente] chegou com problema e está batalhando para mostrar serviço. Tem treinado até em dia de jogo." No São Paulo, existe uma regulamentação interna que multa atletas em caso de atraso - Adriano, porém, deve receber uma punição ainda maior, uma vez que cometeu, como disse Marco Aurélio, três faltas. Atualizado às 11h35 para acréscimo de informação

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCAdriano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.