Adriano deixa treino com dores, mas não preocupa o Fla

O centroavante Adriano deu um susto em todos do Flamengo nesta segunda-feira. Em treinamento com os juvenis, já que os jogadores da equipe principal tiveram o dia de folga, o atacante deixou o gramado da Gávea sentindo dores na coxa esquerda. O gesto de Adriano, ao levar as mãos à região dolorida, chegou a preocupar o departamento médico, que depois garantiu ter sido apenas um alarme falso.

AE, Agencia Estado

25 de maio de 2009 | 22h15

Após o treinamento, Adriano seguiu para uma avaliação médica, acompanhado do doutor Marcio Tannure. Primeiro, o médico do Flamengo tranquilizou a todos e afirmou que o jogador estava 100%. Depois, o próprio centroavante disse que não era nada grave, mantendo assim o planejamento de fazer sua reestreia pelo clube carioca no próximo domingo, contra o Atlético Paranaense, no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.