Adriano desembarca em Cumbica sem uniforme do São Paulo

Atacante é o único atleta da delegação que não utiliza a camisa de viagem; diretoria nega regalia

Alfredo Luiz Filho, Jornal da Tarde

28 de fevereiro de 2008 | 12h44

No desembarque da delegação do São Paulo no Aeroporto de Cumbica, o atacante Adriano chamou a atenção ao deixar o saguão sem o uniforme de viagem - foi o único atleta que não vestia a camiseta pólo preta, com o escudo do clube e as marcas dos patrocinadores.   Veja também:  Pela Libertadores, Muricy poupa jogadores contra o Mirassol Juvenal Juvêncio reclama de 'recepção de índio' na Colômbia  Bate-pronto - São Paulo: engrena ou emperra de vez? Milan pensa em tirar zagueiro Alex Silva do São Paulo   Adriano, o primeiro a sair, desembarcou com uma camiseta branca. De acordo com os dirigentes do clube, o atleta não possui regalias dentro do grupo e "tudo foi apenas um detalhe que escapou" - o atleta teria utilizado o uniforme até a chegada no aeroporto.   "O Adriano trocou o uniforme aqui mesmo no aeroporto", afirma Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, vice-presidente de futebol. "Ele passou por mim e disse que queria ir embora depressa porque estava cansado. Não tem essa história de regalia. Todos os jogadores do São Paulo são iguais."   O presidente Juvenal Juvêncio disse que Adriano deveria estar com o uniforme, mas que não vai repreender o atleta. "Não tentem agravar o que não agravarei", explica. "Eu acho que ele deveria estar com uniforme e certamente vai estar na próxima. Ele não será advertido, mas vou lembrá-lo. Não será preciso uma conversa de horas. Ele é o Imperador em Roma (sic) mas aqui é igual aos outros."

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCAdriano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.