Ricardo Moraes/AP
Ricardo Moraes/AP

Adriano diz estar com apenas 20% da sua capacidade física

'Estou acima do peso, mas não tanto quanto falam. Vamos fazer tudo com calma', explica o jogador do Flamengo

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 17h06

O atacante Adriano reconheceu nesta segunda-feira que será preciso fazer um grande esforço para voltar aos gramados pelo Flamengo. O centroavante treinou na Gávea e admitiu estar com 20% de sua capacidade física. Mesmo assim, acredita que terá condições de fazer sua estreia em duas semanas, no jogo contra o Atlético Paranaense, no dia 30, no Maracanã.

 

Veja também:

link Juan discute com Cuca durante o treino do Flamengo

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Fisicamente estou com 20% da minha capacidade. Ainda falta muito. Foi feito um planejamento de treinos em tempo integral e eu aceitei, porque quero muito ajudar o Flamengo. Estou acima do peso, mas não tanto quanto estão falando. Vamos fazer tudo com calma. Acredito que em 15 dias estarei bem para jogar", explicou.

Adriano disse novamente que reencontrou a felicidade ao acertar o seu retorno ao Flamengo. "Estou muito feliz de estar aqui, com as pessoas que me viram crescer. Isso ajuda muito a fazer um bom trabalho. Não tem porque não sorrir. O Flamengo teve e tem muitos ídolos. Eu chego aqui pra ser um deles. O carinho é grande aqui dentro e lá fora. As pessoas me cumprimentam e me dão força", disse. 

O atacante revelou, ainda, o desejo de viajar para Porto Alegre e acompanhar o jogo entre Internacional e Flamengo pelas quartas de final da Copa do Brasil. "Estou querendo ir para dar uma força para a equipe. Estou torcendo muito para o Flamengo se classificar. Quero muito jogar essa competição e ajudar o Flamengo nessa luta pelo título", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoAdriano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.