Claude Paris/AP
Claude Paris/AP

Adriano é cortado de amistoso da seleção brasileira contra Gana

Jogador do Barcelona sofreu um estiramento na coxa; CBF não pensa em chamar substituto

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2011 | 13h44

RIO - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou no início da tarde desta segunda-feira que o lateral-esquerdo Adriano foi cortado do amistoso que a seleção fará contra Gana, no próximo dia 5 de setembro, no Craven Cottage Stadium, em Londres. O jogador do Barcelona sofreu estiramento na coxa e acabou sendo cortado pelo técnico Mano Menezes. A CBF informou também que o treinador, a princípio, não pensa em chamar um substituto para o atleta.

Adriano foi um dos quatro laterais convocados para o amistoso contra Gana. Além dele, Mano chamou Daniel Alves, também do Barcelona; Danilo, do Santos; e Marcelo, do Real Madrid. Maicon, contundido, desta vez acabou ficando fora da lista.

Adriano acabou sendo cortado justamente no momento em que a seleção brasileira vive momento de incertezas na lateral esquerda. André Santos, que vinha sendo titular da posição sob o comando de Mano, perdeu sua vaga no time nacional depois de falhar e permitir a marcação do terceiro gol da Alemanha na vitória por 3 a 2 sobre o Brasil, no último 10, em amistoso em Stuttgart. O espaço está vago.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.