Adriano é punido por indisciplina e vai desfalcar Inter de Milão

O atacante Adriano, da Inter de Milão, foi deixado de fora da escalação da equipe para o jogo de quarta-feira contra a Fiorentina, pelo Campeonato Italiano, depois de, segundo meios de comunicação, ter sido mandado de volta para casa porque chegou atrasado a um treino. O técnico da Inter, José Mourinho, recusou-se a dar maiores detalhes sobre a história. "Eu conversei com os jogadores com os quais tinha de conversar e conversei com o time", afirmou o técnico português em uma entrevista coletiva nesta terça-feira. "Tudo está esclarecido, como sempre. Por esse motivo, eu falo apenas sobre os jogadores escalados para a partida. Não vou fazer comentários sobre nenhum outro assunto." Adriano já havia irritado o técnico devido a sua suposta indisciplina tática no empate de domingo, em 0 x 0, contra o Genoa. Meios de comunicação disseram que o brasileiro havia ficado em uma boate até tarde da noite. Na temporada passada, devido a problemas de condicionamento físico e a constantes notícias sobre sua vida particular, o atacante foi emprestado por Roberto Mancini, ex-técnico da Inter, ao São Paulo. O atacante Julio Cruz também ficará de fora do jogo de quarta-feira, em Florença, depois de ter irritado Mourinho por não fazer o que o técnico lhe pediu contra o Genoa. "A relação entre nós (o técnico e a equipe) não precisa ser objeto de questionamentos. Manter uma relação não significa que precisemos estar o tempo todo de abraços e beijinhos", acrescentou Mourinho. Os jovens atacantes Mario Balotelli e Victor Obinna foram incluídos na escalação da equipe, apesar de o ex-técnico do Chelsea haver criticado os dois, indiretamente, por sua atuação no jogo do fim de semana. A Inter, atual campeã italiana, divide a liderança da competição com Udinese e Napoli, com 17 pontos conquistados, mas vem se mostrando inconsistente nos primeiros meses de Mourinho à frente da equipe. (Reportagem de Mark Meadows)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.