Adriano escolhe o REFFIS do São Paulo para se recuperar

Jogador tem até o final de dezembro para mostrar à Inter de Milão que tem condições de jogar regularmente

16 de novembro de 2007 | 18h51

São Paulo, na Barra Funda, receberá, nos próximos dias, um ilustre visitante. O centroavante Adriano, da Internazionale, da Itália, escolheu o Reffis (Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica)do clube do Morumbi para recuperar a forma física. O local, que já recebeu vários brasileiros que atuam na Europa, é considerado uma referência no tratamento de lesões musculares e recuperação física.  Veja também: Imprensa italiana diz que Adriano acertará com o Arsenal Santos pensa em contar com o atacante Adriano Bayern desmente compra do zagueiro Breno, do São Paulo"Já fomos consultados extra-oficialmente pelos procuradores do Adriano, e só falta uma requisição oficial da Inter para que ele possa se tratar no CT", disse Marco Aurélio Cunha, superintendente de Futebol do São Paulo. A idéia dos italianos, ao mandar Adriano para a capital paulista, é que o jogador também se recupere dos problemas psicológicos, relacionados ao alcoolismo, que têm prejudicado seu rendimento durante a temporada. A expectativa é a de que Adriano fique no CT da Barra Funda até janeiro e retorne para a Europa para a segunda metade do Campeonato Italiano. Porém, serão inevitáveis as especulações sobre um possível interesse do São Paulo na contratação do centroavante para a disputa da Taça Libertadores de 2008. Os próprios dirigentes são-paulinos divergem. "Se houver a possibilidade, podemos conversar. Gostaríamos muito de contar com ele", diz o diretor de Futebol, Carlos Augusto Barros e Silva. "Acho quase improvável, porque o Adriano é um jogador extremamente caro, fora dos padrões do São Paulo, e ainda tem mercado na Europa", pondera Marco Aurélio Cunha. De fato, apesar de todos os problemas que enfrentou este ano, Adriano desperta o interesse de diversos clubes europeus. De acordo com as especulações da imprensa do Velho Continente, o Arsenal, o Manchester City, o West Ham, todos da Inglaterra, e o Parma, da Itália, querem contar com o brasileiro na próxima temporada, quando a janela para contratações na Europa for reaberta. Adriano tem contrato com o clube de Milão o clube de Milão até 2010. O que poderia alimentar as esperanças da torcida são-paulina em contar com o "Imperador" em 2008 é o fato de o São Paulo ter feito acordo semelhante com Ricardo Oliveira. No ano passado, o atacante do Bétis, da Espanha, recuperava-se de uma lesão no joelho, dentro do CT da Barra Funda, quando houve o acerto para sua contratação, por empréstimo. O jogador defendeu o clube no início do Campeonato Brasileiro e até as semifinais da Taça Libertadores, quando não pôde ajudar o time, que perdeu a decisão para o Internacional de Porto Alegre. REFERÊNCIA Pelo Reffis, que começou a ser montado pelo São Paulo em 2003, já passaram diversos jogadores que já defenderam a seleção brasileira, casos, entre outros, do zagueiro Roque Júnior, do lateral-direito Cicinho, do zagueiro Edmilson e do centroavante Luizão. Um dos orgulhos da diretoria tricolor são as cartas de agradecimento de diversos clubes europeus, pelos serviços prestados pelo clube brasileiro aos seus jogadores. Na maioria das vezes, o São Paulo faz isso gratuitamente. "Nossas instalações são referência na Europa", diz Carlos Augusto Barros e Silva. "Prestaremos toda a assistência necessária ao Adriano", garante o dirigente. O Reffis do São Paulo reúne vários profissionais de saúde ligados ao esporte, como fisioterapeutas, fisiologistas, preparadores físicos, nutricionistas e até professores de hidroginástica. Estima-se que o clube do Morumbi tenha mais de US$ 3 milhões investidos na compra de equipamentos para o Reffis - alguns cedidos por patrocinadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.