Adriano falta a mais um treino e coloca seu contrato com o Flamengo em xeque

Atacante não aparece ao treino na manhã deste sábado e chega à terceira falta desde que foi contratado

O Estado de S. Paulo

29 de setembro de 2012 | 16h12

RIO - A situação de Adriano no Flamengo caminha para mais uma rescisão de contrato, e antes mesmo de o atacante fazer sua estreia. O jogador voltou a faltar ao treino do clube, na manhã desde sábado. Adriano já havia pedido dispensa nos trabalhos de sexta-feira à tarde. Não é a primeira vez que o atacante arruma confusão desde que chegou à Gávea após ser demitido do Corinthians. O treino deste sábado estava marcado para as 9h30. Adriano deu o cano, e avisou a diretoria do clube de sua falta minutos antes de o treinamento começar.

Zinho, diretor de futebol do Flamengo, recebeu uma mensagem de Adriano em seu celular. Nela, o comunicado: 'não chegarei a tempo ao treino'. Adriano não chegou, nem atrasado. Foi sua terceira falta desde que o Flamengo assinou um contrato de trabalho com o jogador. Para que o assunto não tomasse proporções gigantescas, Zinho preferiu focar suas declarações no clássico deste domingo do Flamengo com o Fluminense. Mas disse que a diretoria tomaria na segunda-feira uma decisão sobre Adriano.

"O momento não é de me preocupar. Adriano não veio ao treino. Vou sentar com a comissão técnica, com o próprio Adriano e saber o que aconteceu. Mas farei isso somente na segunda-feira. O foco é no jogo contra o Fluminense. Não vamos desviar a nossa atenção."

O contrato do Flamengo com Adriano prevê rescisão em caso de falta de profissionalismo do jogador sem ônus para o clube. A diretoria fez questão da cláusula no documento, e Adriano concordou com ela, antes de agradecer o apoio e a nova porta que o Flamengo estava abrindo para ele no futebol. Adriano já foi considerado um ex-jogador. O atacante tem problemas de peso e há anos não encara o futebol como uma profissão. Ocorre que ele parece não ter forças para melhorar, e vive pedindo desculpas de suas faltas.

Não está descartada a possibilidade de o Flamengo demitir Adriano por mais essa falta. A decisão, como disse Zinho, será tomada na segunda-feira.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoAdrianoZinhoImperador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.