Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Adriano marca dois e Flamengo bate Sport no Maracanã

Cariocas superam os pernambucanos por 3 a 0 e ainda sonham em entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro

Sílvio Barsetti, Agencia Estado

12 de setembro de 2009 | 20h41

Depois de dez dias com a seleção brasileira, o atacante Adriano voltou a dar alegrias à torcida do Flamengo. Ele comandou o time na vitória por 3 a 0 sobre o Sport, na noite deste sábado, no Maracanã. Fez um belo gol logo no início, quando dominou a bola com categoria e chutou com força e estilo, e assim quebrou um jejum de mais de um mês. No final, fez outro, de cabeça. "Estou melhorando a cada dia", disse.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Adriano foi realmente o dono do jogo. O público já se dava por satisfeito com o gol marcado pelo artilheiro aos dois minutos. Mas ele queria mais. Por pouco, não fez um gol de placa no Maracanã, aos 17. Ele aproveitou cruzamento da esquerda, matou a bola no peito, virou o corpo e, de voleio, completou para fora. Mesmo assim, foi bastante aplaudido.

O Flamengo já vencia por 1 a 0 e Petkovic, outro destaque do time, arrancou num contra-ataque veloz para lançar Zé Roberto, que não desperdiçou. A jogada teve início com Adriano, que foi para a defesa ajudar a equipe e cortou de cabeça um escanteio.

Com total domínio sobre o Sport, o Flamengo definiu a partida no primeiro tempo. Adriano, entretanto, seguiu tentando deixar sua marca de novo na etapa final. Deu meia bicicleta, outro voleio e chutes. Em dois desses lances, o goleiro Magrão evitou o gol. Mas o atacante não desistiu e, de cabeça, aos 44, fez o terceiro, se tornando o artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro, com 12 gols.

O Flamengo também contou com a vantagem numérica desde o primeiro tempo, com a expulsão de Durval pelo Sport. Mas antes mesmo de o jogador levar o cartão vermelho, o time da casa já era absoluto em campo.

Agora com 34 pontos, ocupando provisoriamente a oitava colocação, o Flamengo continua sua busca para se aproximar do G-4 no próximo dia 20, contra o Coritiba, novamente no Maracanã, pela 25.ª rodada do Brasileirão. Já o Sport, que segue na vice-lanterna, com 20 pontos, em situação cada vez mais complicada para se livrar do rebaixamento, encara o Atlético-PR fora, no dia 19.

FLAMENGO 3 X 0 SPORT

Flamengo - Bruno; Leonardo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Everton; Airton, Maldonado, Zé Roberto e Petkovic (Erick Flores); Denis Marques (Fierro) e Adriano. Técnico: Andrade

Sport - Magrão; Élder Granja, Juliano, Durval e Dutra; Zé Antonio (Fininho), Hamilton, Fabiano e Paulinho (Adriano); Arce (Cesar Lucena) e Wilson. Técnico: Péricles Chamusca

Gols - Adriano, aos dois, e Zé Roberto, aos 31 minutos do primeiro tempo; Adriano, aos 44 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Leonardo Moura e Zé Roberto (Flamengo); Dutra e Juliano (Sport)

Cartão vermelho - Durval (Sport)

Árbitro - André Luiz de Freitas Castro (GO)

Renda - R$ 397.183,00

Público - 29.002 pagantes

Local - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.