Adriano pode roubar vaga de Alex

A escalação de Adriano, para o lugar de Kaká, passou a ser uma dúvida na seleção. O atacante da Inter de Milão entrou bem no segundo tempo contra a Venezuela e fez um gol. Nos treinos, ele vem se saindo bem e dá mais movimentação à equipe. No entanto, nesta segunda-feira, Parreira resolveu começar o treino com Alex, na função responsável por servir os atacantes.Alex participou como titular de 32 minutos no Rei Pelé e Adriano, somente 12. Não foram bem, assim como todos os outros. O grupo parecia cansado, abatido, ainda sob o efeito da desidratação sofrida na Venezuela. ?Não sei se vou jogar. A resposta é do Parreira?, comentou Alex, durante entrevista coletiva, antes do coletivo.Para Adriano, a esperança é grande. ?Espero que seja mantido o time que venceu a Bolívia (sem Kaká e com os Ronaldos e ele na frente). Jogar no Brasil, no Nordeste, é uma motivação a mais. O calor humano é enorme.?Nesta terça-feira, haverá uma recreação no Rei Pelé, à tarde. Parreira disse que poderia realizar um rápido treino tático ou até um minicoletivo. A hipótese é improvável, até pelo que o próprio treinador declarou. ?Há um consenso na comissão técnica de que na véspera da partida não se deve fazer nada de especial. Ainda mais porque estamos vindo de um jogo desgastante.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.