Filipe Araújo/AE - 6/8/2011
Filipe Araújo/AE - 6/8/2011

Adriano precisa perder mais três quilos para estrear pelo Corinthians

Imperador deve voltar a entrar em campo no Campeonato Brasileiro em setembro ou outubro

Vítor Marques , Jornal da Tarde

23 de agosto de 2011 | 23h44

SÃO PAULO - Se não existe um consenso quanto à data para a estreia de Adriano, a comissão técnica do Corinthians tem ao menos uma certeza: o atacante precisa atingir 96 quilos para voltar a jogar.

É um peso muito próximo do que ele tinha quando defendeu o Flamengo em 2009 (95 quilos) e bem distante daquele que apresentava na Inter de Milão em 2005 (88 quilos).

"Comparando o peso das pessoas quando jovem, com 18, 19 anos, até a fase adulta, é natural que ocorra um acréscimo de peso de até 20%", explica o fisioterapeuta do Corinthians Bruno Mazziotti.

"O Adriano é um jogador pesado, é diferente de gordo, 96 quilos é um peso normal. Para um leigo, pode parecer um número exagerado, mas é preciso levar em conta massa muscular, peso magro, entre outros aspectos. Jogadores da NBA e de futebol americano são pesados."

Adriano revelou, na semana passada, que estava pesando 102 quilos e precisava perder mais três para poder voltar a jogar. "Trabalhamos com um peso entre 96 e 97 quilos", diz Mazziotti.

Segundo o fisioterapeuta, Adriano está numa fase de transição: saindo do departamento médico e quase pronto para iniciar trabalhos mais específicos de preparação física no campo. "É possível que no final deste mês ou no início de setembro ele já esteja em campo fazendo coletivos com o resto do elenco."

Mazziotti evita cravar uma data para a estreia de Adriano. E acha muito difícil que isso ocorra em 8/9, contra o Flamengo. Mas não descarta que o tão esperado retorno ocorra em setembro, como era previsto.

Joaquim Grava, médico do clube, integra o grupo dos mais otimistas quando o assunto é a volta do Imperador. Ele acha possível um retorno já diante do Flamengo, dia 8, com base na recuperação do atacante, que segundo Grava está sendo bem-sucedida.

"Nossas previsões não são contraditórias. Mas, trabalhando diariamente com o Adriano, temos aqui mais elementos para analisar a recuperação", diz Mazziotti.

Adriano, revela o fisioterapeuta, está muito empenhado nos treinos e gostaria de voltar a jogar o mais rápido possível.

"No início, nosso trabalho era levantar o moral do jogador, dizendo que ele voltaria a jogar em breve. Agora, temos que conter o ímpeto de um retorno precipitado."

Adriano confirma que sua estreia está próxima. À TV Corinthians, ele disse estar com 70% da condição física ideal. Mas avisou que só retornará aos gramados quando estiver totalmente recuperado. "Não adianta eu voltar 50%, porque não vou render o que sei e depois a pressão em cima de mim e do Corinthians será muito grande."

Mazziotti explicou que o departamento médico só liberará Adriano para a estreia quando o atacante tiver condições de suportar 45 minutos de jogo.

Expectativa. O técnico Tite aguarda ansioso pelo retorno do Imperador aos gramados. E já prevê a dupla Adriano e Liedson no ataque. Segundo o técnico, os dois jogadores se completam e podem atuar juntos.

Tite sente muito a falta de um atacante de área, que faça bem o pivô e tenha como ponto forte a bola aérea. Estas são exatamente as qualidade de Adriano.

Uma dupla Liedson e Adriano seria uma alternativa tática contra adversários que mais se defendem que atacam, como na derrota para o Figueirense por 2 a 0, no último sábado, no Pacaembu.

Com a dupla, Adriano atuaria bem dentro da área, enquanto Liedson ficaria mais solto. Caberia a Alex ou Danilo cruzar as bolas na área.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.