Arquivo/AE
Arquivo/AE

Adriano reclama de tratamento e nega atrito com Cuca

Imperador diz que não entendeu o motivo das críticas por ter ficado em Curitiba após a goleada no Brasileirão

AE, Agencia Estado

17 de junho de 2009 | 17h03

O tratamento dado para a ausência em dois treinamentos e pela ausência no desembarque do Flamengo após a derrota por 5 a 0 para o Coritiba incomodaram Adriano. O atacante avalia que está recebendo tratamento diferenciado e acredita que o seu comportamento nestes acontecimentos foi normal.

Veja também:

especialVisite o canal especial do Brasileirão

especialJogue o Desafio dos Craques

lista Brasileirão - Calendário

tabela Brasileirão - Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Acho que estou sendo um pouco desrespeitado. Ficaram dois jogadores em Curitiba e não vi ou li ninguém falar nada. Só achei isso uma injustiça. Se eu errei na visão dos jogadores, da torcida, eu peço desculpas. Sou muito tranquilo com relação a isso", afirmou.

Adriano fez questão de dar entrevista na Granja Comary ao lado de Cuca e negou ter problemas de relacionamento com o técnico do Flamengo. "Eu evito falar porque não gosto muito. Mas estou aqui para representar o grupo e falar por mim também porque houve uma reunião e estamos focados nos nossos objetivos. O grupo e o Cuca não têm problemas dentro e fora de campo. Estou aqui junto com o Cuca para provar que não há problemas entre a gente", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.