Adriano recusa proposta do Botafogo e deve anunciar fim da carreira

Planejamento previa seis meses apenas de treinos, sem garantias de que jogador voltasse a atuar

O Estado de S. Paulo

22 de agosto de 2013 | 18h05

SÃO PAULO - Sem atuar desde abril de 2012, o atacante Adriano, 32 anos, deve anunciar o fim da carreira no futebol em breve. Após realizar exames médicos, o jogador recusou proposta do Botafogo para passar seis meses treinando apenas no clube, e admitiu que pode optar por deixar definitivamente o sonho de voltar a jogar. A informação é do Globoesporte.com. Pela proposta do clube carioca, Adriano passaria seis meses treinando e tratando da lesão crônica que sofre no Tendão de Aquiles do pé esquerdo. Mesmo assim, o jogador não teria garantias de que conseguiria voltar a atuar.

Em junho, Adriano Imperador esteve nos planos do Internacional. Os gaúchos, porém, acabaram desistindo do negócio depois da realização de exames que, segundo os médicos do Beira Rio, revelaram que o atacante precisaria de "muito tempo" para retornar ao futebol em nível competitivo. Antes disso, no começo do ano, Adriano também esteve na mira do Palmeiras, mas o negócio não andou para frente por motivos semelhantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.