Ayrton Vignola/AE - 3/12/2011
Ayrton Vignola/AE - 3/12/2011

Adriano teria disparado arma acidentalmente em uma mulher que estava em seu carro ao sair de boate

Caso foi parar na delegacia, mas jogador do Corinthians não prestou depimento ainda

estadão.com.br

24 de dezembro de 2011 | 10h11

SÃO PAULO -  Uma mulher de 20 anos levou um tiro na mão esquerda quando deixava uma boate na Barra da Tijuca na madrugada deste sábado, véspera de Natal. De acordo com as informações do tenente do 31º BPM (Recreio), Reinaldo Tomás da Silva, ela foi ferida dentro do carro de Adriano, atacante do Corinthians.

A mulher foi levada ao Hospital Barra D'Or. O tenente disse ainda que policiais militares estiveram no local e conversaram com a vítima. Lá, ela contou que Adriano brincava com uma pistola calibre 40, quando acidentalmente teria disparado na mão dela. A menina, cujo nome não foi revelado, foi atendida pela emergência. Ela fez exames na manhã deste sábado. A paciente passa bem, seu quadro é estável. Os médicos ainda não descartaram uma cirurgia na mão da mulher.

O caso foi atendido no 16ª DP, que não divulgou informações do boletim de ocorrência.

De acordo com a PM, além de Adriano e a vítima, outras duas jovens estavam no veículo do jogador. Um tenente reformado da Polícia Militar dirigia o carro. A arma seria do tenente. Após o acidente, Adriano foi para sua casa e não prestou depoimento. O carro de Adriano está na delegacia. No carro, é possível ver a marca do tiro e o sangue no banco de trás.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansAdriano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.